Gestão do E-commerce

Guia completo de ERP para E-commerce

Alan Rocumback
Escrito por Alan Rocumback
Guia completo de ERP para E-commerce
Faça como diversos profissionais de marketing e e-commerce

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos para irão te ajudar

Integrar dados e processos é, muitas vezes, um grande desafio para o gestor de uma loja virtual. Contabilidade, finanças, estoques, pedidos. A lista de prioridades parece infinita. A sorte é que hoje podemos contar com um ERP para e-commerce e automatizar todas essas atividades.

Nesse post, você vai descobrir tudo o que precisa saber sobre essa importante ferramenta. Acompanhe!

O que é ERP?

ERP é a sigla para Enterprise Resource Planning. Estamos falando de um sistema de gestão organizacional que ajuda na integração de processos de várias áreas da empresa, do contábil ao administrativo. 

Alguns dos principais benefícios do ERP são:

  • Ter acesso aos principais indicadores do negócio em tempo real;
  • Automatizar tarefas burocráticas;
  • Controlar custos, estoques e pessoas;
  • Integrar dados de diferentes fontes;
  • Reforçar o planejamento estratégico e as operações do negócio.

A palavra-chave que resume bem o ERP é centralização. Isso porque a empresa não precisa mais contar com vários softwares para acompanhar sua rotina, podendo utilizar apenas um sistema. Muito mais econômico e inteligente, certo?

Como o ERP funciona?

Agora que passamos o conceito geral, vamos entender o que o ERP faz. São muitas funcionalidades úteis ao e-commerce.

Emissão de NF-e

Uma das atribuição de um ERP é a emissão de NF-e, fundamental quando consideramos a rotina de um e-commerce, que normalmente faz vendas para várias regiões do país com diferentes obrigações tributárias. 

Gestão de estoques

Outra grande função do ERP é a gestão de estoques. Com a ferramenta, você acompanha todos os itens em inventário. Com isso, planeja e até automatiza compras, além de fazer uma gestão muito mais inteligente dos seus recursos.

Emissão de boleto

É possível fazer integrações com o banco para que você gere boletos automaticamente pelo próprio sistema. Dessa forma, as burocracias são cortadas e é possível destinar mais tempo ao que realmente interessa.

Gestão de pedidos

Por falar em pedidos, um dos usos do ERP é justamente a gestão de cada um deles para o cliente. Tudo isso em tempo real. Você acompanha o processo de ponta a ponta e reduz as chances de erros.

Controle contábil e financeiro

Para concluir, o ERP também é uma ferramenta que permite o controle contábil e financeiro do seu negócio. Os principais indicadores podem ser calibrados para que o gestor tome decisões importantes rapidamente.

Como implantar o ERP em e-commerce?

Você precisa destinar uma atenção especial antes, durante e após a implantação de um ERP, já que o processo que muda a rotina operacional do negócio. Vamos passar algumas dicas práticas que podem ajudar nesse momento, acompanhe:

Mapeie suas necessidades

É fundamental que entenda o que precisa antes mesmo de procurar um fornecedor desse tipo de plataforma. O motivo é muito simples: ela deve se adequar ao seu escopo de trabalho, e não ao contrário.

Entenda quais são as suas principais dores e quais são os pontos de melhoria, defina KPIs (Key Performance Indicators), levante as fontes de dados que serão usadas no sistema e, só então, comece a procura por fornecedores.

Escolha a ferramenta certa

E-commerce possui muitas peculiaridades e, por esse motivo, é muito importante escolher uma ferramenta que atenda as necessidades estabelecidas anteriormente.

A customização para o segmento pode ser feita pelo desenvolvimento de ferramenta própria  o que é mais caro  ou pela contratação de serviços open source ou focados especificamente para o segmento.

Opte pelo melhor suporte

Treinamento de colaboradores? Suporte técnico? Quais são as outras necessidades atendidas pela ferramenta? É muito importante descobrir se o fornecedor realmente entrará como um parceiro nesse momento.

Antes da contratação, alinhe como a implementação acontecerá de fato.

Realize o aculturamento do time

Para fechar, uma das maiores dores encontradas por quem implementa um ERP  e qualquer outro tipo de sistema de automação  é a dificuldade de estimular as boas práticas de uso entre os colaboradores.

A própria gestão do negócio tem o importante papel de reforçar uma cultura do negócio, estimulando o uso da nova ferramenta e mostrando seus benefícios.

Qual o melhor ERP para e-commerce?

Agora que chegou aqui, deve estar se perguntando quais são as melhores ferramentas de ERP para e-commerce, certo? Vamos trazer algumas das principais logo abaixo:

TINY 

A Tiny oferece vários planos para o gestor e todos eles podem ser testados por 30 dias. O melhor de tudo? Nesse período, todos os recursos estão disponíveis. Outro destaque da ferramenta é a possibilidade de integrar diversas lojas em um lugar só.

Otix

Outro especialista para lojas virtuais é o Otix ERP. A empresa possui ampla expertise na integração de meios de pagamento e marketplace. Já atendeu grandes clientes, como as Lojas Americanas, o Submarino e o Shoptime.

Bling 

Na mesma linha do TINY, o Bling oferece 30 dias grátis para que você possa testar o produto. O ERP da companhia é totalmente online, sem necessidade de fazer instalações. Também é muito fácil de usar.

Conta Azul

Inicialmente um sistema de gestão financeira, a Conta Azul evoluiu e agora oferece um dos melhores ERP do mercado para e-commerce. Os pacotes são bastante democráticos, atendendo tanto pequenas quanto grandes empresas.

ArtSoft Sistemas

Outro software ERP bastante utilizado é o ArtSoft Sistemas. Ele se propõe a ser um sistema focado tanto para lojas físicas quanto para e-commerces. Possui versão online ou instalação, de acordo com a necessidade do usuário.

Bônus: ERP e CRM: qual a diferença?

Uma dúvida bastante recorrente entre os gestores é a diferença entre ERP e CRM. Ambas as ferramentas são indispensáveis para o bom desempenho do negócio. O CRM (Customer Relationship Management) tem um foco um pouco diferente.

Enquanto que o ERP é destinado para a gestão do negócio, interligando processos e dados de diferentes áreas, o CRM procura otimizar as vendas e o LTV (Lifetime Value). Ele é mais focado para o time de vendas e marketing.

Algumas das funcionalidades do CRM abrangem:

  • Levantamento do histórico do cliente;
  • Funil de vendas;
  • Definição de personas;
  • Metas de marketing e vendas;
  • Relatórios de desempenho dos vendedores;
  • Entre outros.

Quer entender um pouco mais sobre esse assunto? Então acesse agora mesmo o nosso blog post ensinando tudo o que você precisa saber sobre CRM para e-commerce.

 

Nosso Endereço

Alameda Joaquim Eugênio de Lima, 696,
Conj 41e 42 – Jardins –
São Paulo – SP
CEP : 01403-000

Fale Conosco

Fale com a nossa equipe de especialistas

(11) 94274-7246 (WhatsappBusiness)

vendamais@cicloagenciadigital.com.br